quinta-feira, 20 de julho de 2017

“MANAUS É UMA CIDADE POLITICAMENTE PAUPÉRRIMA" (NILSON TELES)


"Manaus é uma cidade politicamente paupérrima.  Os seus valores políticos são quase nenhum. Os homens de bem tem pavor da ambiência da política amazonense, tanto o chorume que a reveste. E mais: não tem a participação do tráfico para custear suas campanhas. Manaus está correndo com o Rio de Janeiro em matéria de droga; logo, logo haverá guerra aberta, como ocorre no Rio".

O professor Nilson Teles, que publicou esse protesto/desabafo na rede social do grupo PAPO FRANCO, está certo ao dizer que o Amazonas é carente em termos políticos.

Contudo, não se muda eleição para um mandato tampão de um ano, O tempo de mandato não será suficiente para mudar uma estrutura social piramidal.


Muda-se pela pratica e uma consciência cidadã, ética, moral e comportamental da sociedade! Assim, se pode mudar a sociedade e a classe política  como uma consequência: muda-se de baixo para cima, da base para o topo da pirâmide.

MAIS IMPOSTOS SOBRE A GASOLINA?


Brasil, o pais mais corrupto entre os corruptos, usa 1.200 horas trabalhador, só para pagar impostos, mais que o segundo colocado, a Bolívia, que trabalha 1.080 horas para pagar os impostos. O Brasil, não é a cobra mais impostos no mundo, mas é o pior que os distribui efetivamente sua arrecadação aos seus contribuintes. Já não estaria na hora de se pensar em tributar mais os produtos supérfluos e liberar a gasolina que já destina 57,03% de impostos aos cofres públicos para alimentar os políticos corruptos de Brasília?

No final, vai tudo voltar ao consumidor final em cascata, havendo reajuste em todos os produtos que dependam de combustíveis para serem transportados péssimas estradas, em vários Estados! Já não seria o momento de se pensar em outras alternativas para garantir a corrupção política em Brasília, como a tributação do jogo e bingos como fonte de arrecadação ao Governo.

Os casinos foram proibidos no Brasil, mas permanecem vivos os jogos pela Caixa Económica Federal. Agora, por que não legalizar os cassinos de e tributá-los também, como fonte de arrecadação para tapar o buraco orçamentário em vez de tributar a gasolina de novo? Segundo o Ministro da Fazenda, Henrique Meireles, tributá-la é mais fácil tributar e não precisaria de Lei para ser enviada ao Congresso, o que levaria muito tempo, diante de tantos escândalos políticos! O caminho seria o mais rápido, mas pode ser um desastre a longo prazo porque no final, tudo sobra para o consumidor final, que abastece seu carro. A seguir, a lista dos impostos que o Brasil paga sem saber, cada produto que consome:


       1. Brasil: 2.600 horas (é mais que o dobro do 2º colocado!)
       2. Bolívia: 1.080 horas
       3. Vietnã: 941 horas
       4. Nigéria: 938 horas
       5. Venezuela: 864 horas
       6. Bielorrússia: 798 horas
       7. Chade: 732 horas
       8. Mauritânia: 696 horas
       9. Senegal: 666 horas
       10.Ucrânia: 657 horas

Fonte: Banco Mundial

"O Brasil tem a maior carga tributária do mundo, para pagar a
MAIOR CORRUPÇÃO DO MUNDO"

Tributos no Brasil -  uma vergonha!!!

Medicamentos      36%
Luz.                   45,81%
Telefone            47,87%
Gasolina            57,03%
Cigarro              81,68%

PRODUTOS ALIMENTÍCIOS BÁSICOS
Carne bovina       18,63%
Frango                 17,91%
Peixe                   18,02%
Sal                       29,48%
Trigo                    34,47%
Arroz                    18,00%
Óleo de soja        37,18%
Farinha                34,47%
Feijão                  18,00%
Açúcar                40,40%
Leite                    33,63%
Café                    36,52%
Macarrão            35,20%
Margarina            37,18%
Molho tomate      36,66%
Biscoito               38,50%
Chocolate            32,00%
Ovos                    21,79%
Frutas                  22,98%
Álcool                  43,28%
Detergente           40,50%
Sabão em pó      42,27%
Desinfetante        37,84%
Água sanitária     37,84%
Esponja de aço   44,35%

PRODUTOS BÁSICOS DE HIGIENE
Sabonete                 42%
Xampu                 52,35%
Condicionador    47,01%
Desodorante       47,25%
Papel Higiênico   40,50%
Pasta de Dente   42,00%

MATERIAL ESCOLAR
Caneta                48,69%
Lápis                   36,19%
Borracha             44,39%
Estojo                  41,53%
Pastas plásticas  41,17%
Agenda                44,39%
Papel sulfite         38,97%
Livros                   13,18%
Papel                   38,97%

BEBIDAS
Refresco em pó   38,32%
Suco                    37,84%
Água                    45,11%
Cerveja                56,00%
Cachaça              83,07%
Refrigerante        47,00%
Sapatos               37,37%
Roupas                37,84%
Computador        38,00%
Telefone Celular   41,00%
Ventilador            43,16%
Liquidificador      43,64%
Refrigerador        47,06%
Microondas         56,99%
Tijolo                    34,23%
Telha                    34,47%
Móveis                 37,56%
Tinta                    45,77%
Casa popular       49,02%
Mensalidade Escolar 37,68% (ISS DE 5%)

*ALÉM DESTES IMPOSTOS, VOCÊ PAGA*
- DE 15% A 27,5% DO SEU SALÁRIO A TÍTULO DE IMPOSTO DE RENDA;
- PAGA O SEU PLANO DE SAÚDE,
- O COLÉGIO DOS SEUS FILHOS,
- IPVA,
- IPTU,
- INSS,
- FGTS
- ETC.

       DIVULGUE !

O Brasil precisa de atitude do povo!

Estamos reféns destes políticos.
- Sem querer cortar gastos e privilégios, o governo  repassa o custo da sua corrupção e incompetência para a população!

"-Vai ficar parado?!"
-1 minuto para mudar o
🇧🇷 e defender a família de hoje e do futuro.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

LENDO UM LIVRO....( EM CENAS REAIS)

1ª Cena bucólica: Antônio Diniz de Souza, aposentado, lendo um livro à luz da lua.

 2ª Cena deprimente: servidores aposentados e da ativa do Estado recebendo cestas básicas!

3ª Cena de ostentação: o governador do RJ, Luiz Fernando Pezão, pagando 7 mil reais por semana ema clinica SPA para tratar do coração!

4ª cena real: Sérgio Cabral ex-govenador do Estado preso e condenado por te desviado bilhões de reais do Estado em joias e outros objetos de luxo. O Rio de Janeiro está em crise, um caos, mas não parece. A Linha está Vermelha de sangue!

O governador deveria ter se tratado do coração em hospital público. Contudo, deve ter ficado com medo da falta da estrutura deficitária e sucatear dos hospitais públicos e preferido fazer seu tratamento em um SPA de luxo, pagando 7 mil reais por semana.

Enquanto isso, o aposentado Antônio Diniz de Souza lê seu livro com a luz da lua, em busca de respostas para saber porque os servidores da ativa e aposentados recebem cestas básicas e o governador Pezão se interna em SPA?


Será que o leitor aposentado encontrará a respostas no livro para saber porque tudo aconteceu? Talvez encontre, mas não tenho certeza. Porém não tenho dúvidas se não tenha sido resultado do ex-governador Sérgio Cabral ter falido o Estão do Rio de Janeiro!

UM PROFESSOR ASSASSINADO...

O professor Manoel Adriano Severo era um professor, mas morreu assassinado. O assassino foi preso e, ganhou a liberdade, fugindo com a aquiescência da Justiça. É o continuado e perverso fingimento entre a polícia que investiga, prende o acusado e da Justiça que manda soltar. No meio de campo, o e a liberdade sem o uso de torneira eletrônica de monitoramento para presos é um risco muito grande para a sociedade e deveria ser suspenso temporariamente, em alguns casos como homicídio, latrocínio, tráfico de drogas e outros crimes considerados perigosos. Contudo, com tantos políticos presos condenados na operação "Lava Jato" e depois, postos em liberdade vigiada as usando acabou, todo o estoque nos Estados.

O ex-deputado federal Rodrigo Rocha, um dos que a usa, segundo denúncia que está sendo investigada, teria passado na frente de 4 mil outros presos para receber no vizinho Estado de Goiás, dizem que teve pedido de Michel Temer. O Estado de Goiás, emprestou parte de suas terras quando Juscelino Kubischek de Oliveira construiu a capital da república, transferindo-a do Rio de Janeiro, onde funcionava antes.


O resultado disso, hoje, são mães e pais horando sobre as fotos de filhos mortos estampadas em camisas ou em álbum, como foi o caso da pessoa que matou o professor Manoel Adriano Severo, que terminaria seu doutorado, sua tese de dotado em 15 dias. Depois de ganhar a liberdade judicial, ele fugiu sem tornozeleira de monitoramento, que também se fazia necessária.

Não foi apenas um professor que foi assassinado: assassinaram também todo o conhecimento que ele teria para repassar aos seus alunos. Não conseguiu e nem conseguirá mais!

A liberdade concedida pela Justiça deveria ter mais critérios além dos frios e sem vida:  laudos que os juízes analisam friamente. No mínimo, soltar só com torrnozeleira eletrônica para permitir sua rastreabilidade e evitar fugas.


terça-feira, 18 de julho de 2017

AINDA CELULAR NOS PRESÍDIOS!!!!


Estarrecedoras as cenas que assisti com pessoa arremessando aparelho celular por cima do muro de 4 metros de altura de aos detentos usarem-nos livremente, como se tivessem em suas casas. Desde que era o vice-presidente de Lula, que quase caia em um golpe de falso sequestro de uma filha, o bloqueador de sinal, prometido há muito tempo e não implantado até hoje. 

O que ocorre? Mistérios da “meia noite”, como diz uma famosa música porque tecnologia já existe há muito tempo para bloquear o sinal dos detentos sem afetar os demais usuários do entorno das penitenciárias.

No presídio "PLACIDO DE SÁ CARVALHO"/RJ como em outros depósitos, os presos superlotam as e morrem à mingua porque faltam médicos para atender-lhes. Especificamente na Plácido, se amontoam mais de 4 mil pessoas. O Estado Brasileiro" comete o cri desumanamente em um crime “contra a humanidade”, denunciado até OEA.  Contudo o Brasil diz que só quando receber o relatório da OEA, vai se posicionar.

O bandido tem que cumprir sua pena preso sim, mas não entrar em "campo de concentração" nazista de Hitler porque estaria punindo-o duas vezes: com a pena de prisão e em seguida à pena de morte! E ninguém pode ser punido duas vezes, pelo Código Penal Brasileiro! 

Isso é terrível como disse Chico Pinheiro, da Rede Globo, cobrando um posicionamento das autoridades do judiciário!

Enquanto isso, os celulares continuam sendo utilizados dentro das cadeias para extorsão e outros crimes correlatos continuam ocorrendo como ocorreu com a filha do ex-vice-presidente de Luiz Inácio Lula da Silva!


Enquanto a sociedade está enjaulada e os bandidos mandam nas prisões!

segunda-feira, 17 de julho de 2017

"PÓ BRILHANTE" DE VIDRO!




Na década de 70 era comum todo trabalho em Escolas terem que ser recoberto de "pó brilhante"

Como nem sempre podíamos comprá-lo na lista do material escolar da pequena lista que recebíamos na Escola, destacávamos um para recolher garrafas nas ruas, levadas e vendidas no "Café do Pina".

Na hora da venda para adquirir ingresso para assistirmos filmes no Guarany, a preferida e mais valorizada na hora da venda, eram as de cor escura, justificando que a cerveja ficava melhor dentro delas, as outra que recolhíamos nas ruas, transformávamos em “pó brilhante”, com o qual apresentávamos os trabalhos escolares. 

Lembro-me bem de uma vez que apresentamos um trabalho escolar que tinha tanto "pó brilhante" de vidro, que mapa do Brasil pesava quase meio quilo! "Ah, que saudades do meu tempo de criança” escola Adalberto Vale, no bairro do Morro da Liberdade, em que fazíamos isso! Uma vez, recebemos de presente para o Grupo Escolar, uma "vitrola" amarela, como prêmio da Policia Rodoviária Federal.

O desenho era do colega de sala, Roque de Almeida Lima, hoje engenheiro elétrico e advogado, que desenhava muito bem, era meu texto era meu. Mas. Mas mais lembro o tema. Só sei que era sobre conscientização para evitar acidentes em Estrada. 

Os anos não me permitem mais lembrar, e não lembro também qual o prêmio individual recebemos pela primeira colocação no concurso estadual, mas acho que foi uma medalha de ouro, em uma fita verde e amarela, o que era muito comum nos amos 70!



Viramos a sensação na Escola pela conquista de primeiro lugar entre todos os trabalhos inscritos.

sábado, 15 de julho de 2017

MUDANÇA, MAS QUE MUDANÇA?


Mudar é preciso, “navegar” por outras águas também será “preciso” como diz o poema de Fernando Pessoa! Mas mudar para onde?  Toda mudança, implica em riscos! Mas devemos ousar e mudar de uma vez!

Os dois candidatos que se apresentam ao Governo, como forças e chances reais já se uniram, se separaram e são os mesmos que se revezam no poder desde que Gilberto Mestrinho governou o Amazonas, a partir de 1982, substituindo José Lindoso, que foi candidato ao Senado pela situação? Mudança mesmo seria levar o deputado estadual da REDE, Luiz Castro ao segundo turno e dar a opção de escolha ao eleitor.

Correndo por forca, vêm os candidatos José Ricardo, Rebeca Garcia apoiada pelo governador em exercício Davi Almeida. Mas a mudança real mesmo será eleger Luiz Castro, prefeito de Envira por dois mandatos. Ele já tem experiência política e saberá lidar com o parlamento estadual, posto que exerce o parlamento do Estado. Outros bons candidatos também se apresentam para ocupar o cargo de Mandatário máximo do Estado. Todos prometendo obras, Eduardo Braga dizendo em declaração desastrosa em gravação que chegou até mim, que quer fazer muitas obras para ganhar dinheiro usando a Lei 8666/83,  tudo dentro da Lei de Licitações.

Da mesma forma que não se pode começar nada de cima para baixo, também não podemos mudar a sociedade igualmente. Se mudarmos a sociedade, a política mudara e tudo mudara em volta.

Temos que mudar o comportamento geral da sociedade para mudar a política. A sociedade ê piramidal e não se muda nada sem der pela base assim como não se pode construir uma casa, igreja, escola a partir do telhado!

Sem mudar o comportamento da sociedade não se pode cobrar nenhuma mudança na política porque igualmente como não se pode construir uma obra de cima para baixo. Temos que mudar nosso comportamento político, ético e moral e, principalmente, nosso comportamento em cidadania, para mudarmos o comportamento ético, moral e de cidadania da política! Não ao contrário!

O deputado estadual Luiz Castro, 18, da REDE, pode representar essa mudança e vir a nos surpreender positivamente. Mudar na política, ousar, dar um crédito de confiança para quem nunca governou o Amazonas, mas governou o município de Envira/AM, por dois mandatos sem ter contas rejeitadas pela Câmara ou acusado de corrupção, pode muito bem e eficientemente nos governar também!


Toda mudança implica em riscos. Luiz Castro também tem experiência para arrumar o Estado.